logo-platinum-horizontal-site

Imposto DAS: O que é? Para que serve?

Imposto-DAS-Thumbnail
Platinum Assessoria Contábil

Platinum Assessoria Contábil

Contabilidade Digital em Indaiatuba

Você sabe o que é o imposto DAS? Entende para que serve? Qual a importância desse documento para o seu negócio?

O pagamento dessa guia vai garantir que a sua empresa esteja regularizada no governo e sem problemas fiscais.

Por outro lado, quando tem inadimplências pode haver diversas consequências, como a inscrição em Dívida Ativa e até a anulação do seu CNPJ.

Para evitar que tudo isso aconteça, hoje vamos falar sobre o DAS, pra você entender melhor o que é, para que serve, os valores cobrados, emissão e pagamento.

Entenda o que é DAS

DAS é a sigla para Documento de Arrecadação do Simples Nacional e é uma guia de pagamento que reúne todos os impostos que devem ser pagos pelos empreendedores que escolheram o regime tributário Simples Nacional.

CTA-Platinum-Instagram

Esse regime foi criado em 2006 pelo Governo Federal, especialmente para empresas de micro e pequeno porte com o objetivo de simplificar a tributação, permitindo que as alíquotas sejam menores, com valores fixos ou que sofrem aumentos baseados no faturamento da empresa.

Dessa maneira, o DAS Simples Nacional traz benefícios para quem é MEI (Microempreendedor Individual), ME (Microempresa) e EPP (Empresa de Porte Pequeno).

Entenda quais são os impostos fazem parte desse documento

Como falamos acima, o DAS engloba diversos impostos, o que facilita muito a vida dos empreendedores. Veja quais são eles:

  • IRPJ (Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica): ele é semelhante ao Imposto de Renda de Pessoa Física que é declarado anualmente;
  • IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados): tributação sobre produtos industrializados;
  • CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido): tributo federal que tem como objetivo apoiar a seguridade social, como aposentadoria, direitos à saúde e outros;
  • Confins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social): esse é outro imposto federal, que destina recolher fundos para áreas sociais;
  • PIS (Programação de Integração Social): é uma arrecadação voltada para o pagamento do abono salarial e seguro-desemprego;
  • CPP (Contribuição Patronal Previdenciária): é vinculado com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), tem como objetivo a manutenção da Previdência Social;
  • ICMS (Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação): imposto estadual sobre a circulação e venda de mercadorias;
  • ISS (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza): imposto municipal que é voltado para prestadores de serviço.
Imposto-DAS-Todos-taxas

Entenda qual é o valor do DAS

Para MEPs e EPPs o valor da DAS Simples Nacional não é fixo, isso ocorro porque o cálculo reflete sobre as notas ficais emitidas no mês, ou seja, sobre o faturamento que a empresa teve aquele mês.

Caso a empresa não tenha movimentação dentro de algum mês, não é preciso emitir o DAS, afinal não terá impostos a serem pagos.

É necessário identificar em qual anexo e faixa a empresa se encaixa, dentro do Simples Nacional para chegar à quantia a ser paga. Vale ressaltar que isso faz com que cada empresa se encaixe em uma alíquota diferente, de acordo com a atividade.

O ideal para não ter erro devido as variações, o ideal é solicitar a orientação de um profissional, afinal ele saberá efetuar o cálculo do DAS de maneira correta para que você realize o pagamento certo.

Para quem é MEI, o valor cobrado é o mesmo todos os meses, o que diferencia é apenas a atividade exercida.

CTA-Redes-Sociais-Platinum

Entendo como emitir o boleto do Simples Nacional e como fazer o pagamento

Agora que você já entendeu sobre o que é o DAS e para o que serve, talvez tenha surgido uma nova dúvida de como emitir o boleto.

Quem é MEI tem a forma de emissão mais fácil dessa cobrança. Basta acessar o PGMEI dentro do Simples Nacional, digitar o CNPJ, clicar em “Emitir guia de Pagamento (DAS)”, escolher o ano-calendário e depois o mês.

A guia de microempresas e empresas de pequeno porte também é emitida pelo portal do Simples Nacional, porém é preciso ter um código de acesso ou certificado digital e quando você entra é preciso preencher algumas informações, efetuar cálculos e prosseguir conforme as informações que aparecem na tela.

O pagamento da DAS pode ser efetuado das seguintes maneiras:

  • Débito automático;
  • Pagamento online;
  • Presencial com o boleto em bancos, caixas eletrônicos ou lotéricas.

Quais as implicações do não pagamento do DAS?

É fundamental que você evite ficar com inadimplência, mesmo existindo a opção de parcelar suas dívidas do DAS Simples Nacional.

Deixar de emitir o DAS e realizar o seu pagamento implica em diversas consequências para o seu negócio, como:

  • CNPJ cancelado;
  • Perder benefícios previdenciários, como aposentadoria, auxílio-doença, auxílio-maternidade e outros;
  • Inscrição no Dívida Ativa, impedindo de conseguir empréstimos em bancos públicos e ficar em débito com o governo;
  • Pagar juros e multas sobre as parcelas que já estão vencidas;
  • Sua empresa excluída do Simples Nacional.
Impostos2021

Ter um escritório de confiança vai te ajudar além de apenas emitir o DAS, mas também irá resolver todas as questões contábeis do seu negócio.

Ficou com alguma dúvida ou precisa de um auxílio para o seu DAS? Entre em contato conosco ou marque uma visita.

Compartilhe:

Leia Mais

Fique Por dentro