logo-platinum-horizontal-site

Problemas com o Leão: Confira os principais erros

Thumbnail-imposto-de-renda-problemas
Platinum Assessoria Contábil

Platinum Assessoria Contábil

Contabilidade Digital em Indaiatuba

Quando chega a hora de declarar o imposto de renda, a atenção tem que ser redobrada. Afinal são muitas informações, valores e documentos que precisam ser preenchidos na declaração e informados à Receita.

Caso cometa algum erro, isso pode te colocar na “malha fina” da Receita e isso acontece por inconsistências e erros, e com isso sua declaração fica retida.

Malha-fina-imposto-de-renda

Quando o contribuinte realiza a declaração, todas as informações fornecidas são automaticamente cruzadas e comparadas pela Receita Federal com outros dados.

Os erros cometidos podem ser de vários tipos, como: erros na digitação de algum valor ou até omitir rendimentos e informações, o que é bem mais grave.

Neste ano a declaração acontecerá entre os meses de março e abril, então é importante ficar atento nesse período. Assim caso surja alguma dúvida o período de tirar dúvida para saná-las é agora.

Mas agora vamos ao que interessa, os principais erros que são cometidos na hora de declarar:

Erros de digitação no Imposto de renda

Caso tenha cometido algum erro de digitação, sua declaração provavelmente entrará na malha fina, seja colocando um número a mais ou a menos, esse é um erro que acontece com facilidade e que compromete sua declaração.

Outro erro que entra nessa parte é usar ponto (.) para separar reais de centavos, o programa que gera a declaração considera como correto somente a vírgula (,).

Declarar um dependente duas vezes

As pessoas podem ser consideradas dependentes em somente uma declaração. Dessa forma, um filho com os pais separados só pode aparecer na declaração de um deles e isso vale para todas as pessoas que são declaradas como dependentes.

Não declarar rendimentos no Imposto de Renda

Esconder os rendimentos, sejam eles tributáveis ou não, coloca as pessoas na malha fina e isso é válido tanto para seus rendimentos quanto dos dependentes. Então, se você tem um filho dependente é errado esconder o quanto ele ganhou no emprego ao longo do ano.

CTA-Platinum-Instagram

Aposentadoria privada, confundir VGBL com PGBL

Os contribuintes que possuem a aposentadoria privada podem ter planos VGBL – Vida Gerador de Benefício Livre ou PGBL – Plano Gerador de Benefício Livre, e como cada um deve ser declarado de uma forma específica e com isso cometer esse erro fica mais fácil.

Com relação ao PGBL, é comum informar somente o saldo da previdência na declaração, quando na verdade, devem ser informadas as contribuições feitas.

Com relação ao VGBL, deve ser declarado como uma aplicação financeira e deve o saldo da aplicação até dia 31 de dezembro de 2018.

Informar as despesas médicas sem comprovantes

As despesas relacionadas à saúde informadas na declaração podem ser deduzidas integralmente do cálculo do Imposto de Renda, por isso é sempre importante ter um comprovante de que aquilo foi realizado e esse é um dos pontos em que a Receita é rigorosa.

Declarar o valor errado de bens no Imposto de Renda

Bens como, imóveis, carros seus e dos dependentes devem ser declarados com o valor que foi pago e não com o valor que está no mercado. Esse erro pode fazer seu patrimônio aumentar ou reduzir em relação ao quanto ele realmente está avaliado, fazendo com que você caia na malha fina.

Declarar o seu 13º juntos com outros rendimentos

Salario-13-impostos

Ele não deve ser somado aos demais rendimentos tributáveis, isso porque ele é de tributação exclusiva na fonte e não dá direito à restituição.

Cometi um desses erros e agora? Cai na malha fina?

Quando isso ocorre, você fica sem receber a restituição até que envie uma retificação à Receita para esclarecer os erros cometidos na declaração.

Não sabe onde errou? Basta acessar em seu extrato de declaração a seção “Pendências de malha”, ela mostra quais os motivos de sua declaração ter sido retida.

Quando descobrir o erro, você deve corrigir e entregar à Receita a retificação da sua declaração com os erros corrigidos.

CTA-Platinum-Facebook

Caso você tenha errado e não envia uma retificação fica sujeito à convocação do Fisco para apresentar documentos que comprovem que sua declaração está correta.

Porém, cuidado: a Receita ainda pode entender que você está errado e com isso cobrar o imposto devido somado a uma multa de 75% do valor total e juros, por isso é importante conferir várias vezes se sua declaração está corretamente preenchida. Ainda está com dúvidas sobre o Imposto de Renda 2021? Entre

Compartilhe:

Leia Mais

Fique Por dentro